23 março 2007

Road - Road (1972)


01 - I'm Trying
02 - I'm Goin' Down to Country
03 - Mushroom Man
04 - Man Dressed Red
05 - Spaceship Earth
06 - Friend
07 - Road

Músicos : Noel Redding (baixo e vocais) ; Rod Richards (guitarra e vocais) ; Leslie Sampson (bateria e percussão)

Uma verdadeira pérola perdida, feita pela mão de dois ingleses e de um norte-americano. Um super power-trio virtuoso fazendo um rock elaborado e arrasador, cheio de guitarras wah-wah’s, efeitos psicodélicos, bateria e baixo poderososos (cortesia de Noel Reeding) e de uma qualidade de som incrível. Contém uma das minhas músicas favoritas - I’m Trying. Uma definição que imagino para esse disco é como se fosse o som que Jimi Hendrix faria naqueles anos dourados do hard/progressivo (72-73). Pena que durou só um disco e existe pouquíssima informação sobre eles. Psicodélico, pesado, climático, viajante... Altamente recomendado.


A true masterpiece of early 70's hard-rock. Powerful sound and very good compositions, space and climatic sound with a mastodontical performance of the band. Feature of Noel Reeding playin' bass (from Jimi Hendrix Experience).

Art-work => complete!



13 comentários:

Anônimo disse...

Ola pessoal. O blog esta de parabens pelos belos acervos que possui.
Andei dando uma olhada pelo blog e encontrei discos sublimes.
Parabens pelos bom gosto e pelos otimos colaboradores.
Abraço.
Ass: Julio.
Ps: Se vcs puderem, me expliquem como faço para abaixar esses belos exemplares (não consigo achar o jeito certo de abaixar os discos pelo torrent).
E mail : jonahex@gmail.com.

Grato mais uma vez.

Roderick Verden disse...

Caro Stepping Stone, Esse "Road" parece ser bom demais. Estou com água na boca. O problema é o torrent. Até hoje, não consegui escutar o "Birtha"(Não sei se você leu meus comentários no post do grupo). Voltando ao "Road", me parece que a batera do grupo fica por conta de uma mulher, não?

Anônimo disse...

Seeding all i can...WE ARE GRATEFUL GUYS!!!!! KEEP UP!!! BILLY GREECE!!!!

Stepping Stone disse...

Valeu galera!
Caro Roderick, sinceramente não sei o que possa estar acontecendo com vc. Os álbuns já estão com mais de 300 downloads e as pessoas tem conseguido...tenta nesse
E quanto ao som, pode pegar pq não decepciona, pelo contrário, surpreende, eu amo esse play. E esse lance de batera feminino? de onde vc tirou essa informação? na contracapa tem uma foto dos caras, e não tem nenhum mulher lá não rsrsrs!

Roderick Verden disse...

Há muitos anos atrás, li uma matéria que dizia que Noel Redding havia formado um grupo, no qual a bateria era ocupada por uma mulher. Se aquela figura do meio for homem, de duas uma: Estou com problema de vista(e no radar também) ou Leslie deve ser uma bichadas mais frescas! Não vou mais reclamar do torrent, para não encher a paciência de vocês, mas não tenho dado sorte com ele. Muito obrigado e um abraço!

Kelsey disse...

This is amazing! Thanks. I've been wanting to hear this and I wasn't disappointed! Do you perhaps have the first Jerusalem album? Another one I'd love to hear!

Reginaldo disse...

Baixei o ROAD e recomendo geral, grande post.....se tiver algum CD do TOAD (principalmmente o "Open Fire Live in Basel 1972") posta p/ a galera.

Anônimo disse...

Please please seed !!

Anônimo disse...

Many thanks for the share; much appreciated as always!.

No Title disse...

This record is in my own TOP 10 favourites albums. A great album. A fantastic album. I bought it in 1972, and buy it too on CD and again on vinyle with AKARMA 2 years ago... Just love this one. With MOXY Ridin high and 8 others... :)

Ronaldo disse...

ein xara, valeuu baixei esse q eu num tinha em cd ainda.... só em k7..

roberto disse...

Fiquei impressionado com a qualidade do disco. Melhor do que esperava.
Valeu.

Emilio Almeida disse...

Caro Stepping,parabéns pelo blog. Através dele venho resgatando muita coisa boa e conhecendo bandas de que nunca tive qualquer informação a respeito. Só velharias setentistas! Aliás, os anos 70 foram o máximo!
Andei escutando algumas bandas da atualidade influenciadas pelo som dos 70´s e confesso que não fiquei muito empolgado; há algumas exceções, a exemplo do Hogjaw, com forte influência do southern rock.

Abraços a todos.

Emilio